sábado, 25 de setembro de 2010

Fluminense 5 x 1 Atlético Mineiro. A dois pontos do líder, apesar das "garfadas".

Os laterais tricolores "mataram a pau" o time do Atlético Mineiro.

O Fluminense voltou aos bons momentos do início do campeonato e não tomou conhecimento do Atlético Mineiro na noite de ontem.

Com um futebol objetivo e envolvente aplicou 5 x 1 no adversário, um verdadeira “sapeca-iaiá”. Não fossem as oportunidades perdidas por Washington e Rodriguinho o resultado poderia ter sido mais acachapante.



Em noite de gala, os laterais tricolores esbanjaram categoria e foram os responsáveis pela maioria das jogadas de perigo. Mariano teve uma atuação perfeita e Carlinhos finalmente desencantou e voltou a jogar como nas primeiras partidas.

O meio campo sobrou com Conca e Deco melhorando o seu entrosamento e Diogo, além da marcação segura, proporcionando a saída de bola com mais consistência.

Fernando Bob, ainda está num nível abaixo, um pouco inibido, fez uma falta desnecessária na entrada da área, o que quase sempre termina em gol adversário face à fragilidade de nossos goleiros nesse tipo de jogada. Com o de ontem já foram sete os gols sofridos desse jeito.



Nesse particular, cabe acrescentar que o time se esforça, a torcida apoia, mas as constantes falhas dos goleiros têm impedido a manutenção da liderança. E o pior é que o Alcides Antunes acha que está tudo bem e abre mão da contratação de um goleiro minimamente habilidoso para reforçar a equipe, apesar da solicitação do Muricy e dos anseios da torcida.

O desempenho contra o Atlético Mineiro credencia o Fluminense a uma boa atuação em Salvador e traz esperanças de vitória contra um adversário difícil de ser batido em seus domínios.

Continuando com essa pegada e com os retornos de Emerson, Fred e Diguinho, o Fluminense tem tudo para superar Corinthians e Cruzeiro na luta pelo título.

Bem, para superar o Corinthians será preciso também que as arbitragens fajutas parem de fazer vistas grossas contra os lances irregulares a favor dos paulistas.



A propósito do assunto, sugiro a leitura do brilhante trabalho de compilação "CONTRA O CORINTHIANS NINGUÉM ERRA", publicado pelo amigo Paulo Cezar da Costa Martins Filho no site : http://jornalheiros.blogspot.com em 23/09/2010, onde são mostrados de modo cristalino que nada menos do que 14 (quatorze) pontos foram obtidos de forma irregular pelo clube queridinho do Ricardo Teixeira.

Ainda que corintianos, simpatizantes e a mídia cretina apelem para a dificuldade de percepção dos lances em apenas alguns segundos, atenho-me apenas ao lance do segundo impedimento assinalado pelo parcial bandeira João de Souza Junior, quando Rodriguinho estava a mais de dois metros e meio atrás do último defensor corintiano.
.
Erro crasso como esse não deixa margem a nenhuma dúvida de que o referido cidadão, a menos que seja completamente míope, tenha entrado em campo disposto a ajudar o time da casa.


O lance foi tão grotesco que até o comentarista de arbitragens Arnaldo Cesar Coelho, conhecido por ser useiro e vezeiro em passar a mão nas cabeças de seus ex-colegas de profissão, o classificou como erro gravíssimo.

A imagem a seguir, retirada do vídeo do globoesporte.com, mostra que o “tira-teima” comprovou a posição regular do atacante tricolor, posicionado a 2,54 metros atrás do último defensor corintiano.


Leonardo Gaciba pecou por omissão e anulou o gol legítimo, que hoje manteria o Fluminense na liderança. Um verdadeiro absurdo.



Mas, apesar de todos esses “erros”, sou mais o Fluminense.

E DÁ-LHE FLUZÃO.

Um comentário:

Fluzão Eterno disse...

Criei um blog sobre meu time de coração que é Fluminense e gostaria de perguntar
se você poderia me ajudar fazendo uma parceria de link comigo,desde já muito
obrigado e parabéns pelo seu blog:
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Fluzão Eterno